Bem-vindos *-*




25 de dez de 2010


Te quero tanto e ninguém deixa
Dizem que você não é legal pra mim
Que você fuma, bebe cerveja
E é muito diferente de mim.
E além de tudo, com todo mundo
Você já saiu sem escolher
O teu passado é tão escuro
Tenho até medo de mexer.
Mas a minha cabeça pensa diferente
Pois quem não tem passado
Não me presente.
No meu futuro, eu quero mandar
O que que o povo tinha que falar?
Se intrometeu, se intrometeu
O povo se meteu na nossa vida.
Se intrometeu, se intrometeu
E agora só te encontro às escondidas

Nenhum comentário:

Postar um comentário